Suaveolens

Este blog foi criado por um cearense apaixonado por plantas medicinais e por sua terra natal. O título Suaveolens é uma homenagem a Hyptis suaveolens uma planta medicinal e cheirosa chamada Bamburral no Ceará, e Hortelã do Mato em Brasília. Consultora Técnica: VANESSA DA SILVA MATTOS

Minha foto
Nome:
Local: Brasília, Distrito Federal, Brazil

Cearense, nascido em Fortaleza, no Ceará. Criado em Ipueiras, no mesmo estado até os oito anos. Foi universitário de agronomia em Fortaleza e em Recife. Formou-se em Pernambuco, na Universidade Rural. Obteve o título de Mestre em Microbiologia dos Solos pelo Instituto de Micologia da Universidade Federal de Pernambuco. Também obteve o Mestrado e o Doutorado em Fitopatologia pela Universidade de Brasília. Atualmente é pesquisador colaborador da Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária da Universidade de Brasília.

2.3.09

UM POETA MAIS PERTO DE DEUS - COSTA MATOS

Por
Carlito Matos

Amigos: cumpro o doloroso dever de informar a todos vocês o falecimento, no início da manhã de hoje (02.03.2009), do nosso grande poeta, pai e amigo COSTA MATOS. Um extraordinário homem, que transformava pequenas coisas em grandes lições de vida e de amor.

Um verdadeiro alquimista, que convertia metais comuns,aparentemente sem valor, no mais puro ouro. Fica comigo, de forma muito clara, o exemplo da simplicidade, do agradecimento permanente a Deus, por tudo que Ele nos oferece: ninguém é melhor do que ninguém.

Ele dizia sempre: as pessoas têm o direiro de serem tudo que quiserem. MENOS BESTAS. E era assim que ele vivia ultimamente: cortava laranjas e mangas e colocava na janela do apartamento para alimentar as abelhas, colibris. Ou quem chegasse.

Alimentava as rolinhas do predio com arroz. Todos os dias. Já no hospital, perguntava por elas, que, religiosamente, iam ao encontro diário com ele. Chorava com os poemas que dele musiquei: Isolamento, A Mentira das Aparências Sensoriais, Eu Hoje, Tudo Igual.

Cometia, às vezes, o sacrilégio de dizer que eu era mais poeta do que ele. Impossível. Ele é um dos maiores poetas que este País já conheceu e, tenho certeza, o tempo ainda vai mostrar isto.

O sepultamento vai ser no Cemitério Jardim Metropolitano, com o velório e a missa no mesmo local, a partir do meio dia. Saibam todos os amigos que meu pai partiu brando, cheio de paz e certo que foi e vai ser eternamente amado nesta terra de transição. Grato pelas orações de vocês. Que Deus abençoe a todos.


Carlito Matos.

5 Comentários:

Blogger Jean Kleber Mattos disse...

Não dá para comentar hoje. A dor me impede. Resta-nos a esperança de um re-encontro num lugar onde soframos muito menos. Abraço a todos.

2.3.09  
Blogger Dalinha Catunda disse...

Meu amigo Carlito,
Choro junto com você.
Minha admiração por Costa Matos desde criança sempre foi, e será imensa. Meu respeito por ele é enorme. Lamento a morte deste grande poeta que cantou com tanta propriedade todos os sentimentos e o grande amor pela sua terra.
Meus sentimentos a familia.
Dalinha Catunda

2.3.09  
Anonymous Bérgson Frota disse...

Não choro, tenho o coração repleto de alegria, a perda esta nos faz triste, mas este bardo que na rima e na prosa tão bem representou sua gente merece a partir de hoje assim como os grandes que já foram em direção à imortalidade nosso agradecimento. Ficamos mais pobres mas gratos por termos tido a sorte de convivermos por um certo tempo com tão ilustre figura. Costa Matos, o céu ficou mais rico e nós cá mais pobres.

2.3.09  
Anonymous Alpiano disse...

Meu Deu, receba Costa Matos com as honras que merece. Sem dúvida perdemos muito e os céus agradecem.

Eu lamento que meu mestre tenha ido agora, mas Deus que é pura sabedoria, sabe por que o chamou.

Ele volta para a casa paterna cônscio de que sua missão aqui na terra foi cumprida com brilho e galhardia.

2.3.09  
Blogger FRANCISCO BRAGA disse...

Costa Matos foi, se dúvida, o poeta ipueirense de maior sensibilidade. Seus versos tinham um "não sei o quê" de emoção.Sua obra só pode ser comparada com a de Gerardo Mello Mourão. A solidariedade dos "Braga Barbosa" aos "Costa Matos". Que Deus o tenha em bom lugar e que os ipueirense possam um dia conhecer a obra desse imortal conterrâneo e a sua imensa beleza. Saudações Jean. Meu abraço. Braga

2.3.09  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial