Suaveolens

Este blog foi criado por um cearense apaixonado por plantas medicinais e por sua terra natal. O título Suaveolens é uma homenagem a Hyptis suaveolens uma planta medicinal e cheirosa chamada Bamburral no Ceará, e Hortelã do Mato em Brasília. Consultora Técnica: VANESSA DA SILVA MATTOS

Minha foto
Nome:
Local: Brasília, Distrito Federal, Brazil

Cearense, nascido em Fortaleza, no Ceará. Criado em Ipueiras, no mesmo estado até os oito anos. Foi universitário de agronomia em Fortaleza e em Recife. Formou-se em Pernambuco, na Universidade Rural. Obteve o título de Mestre em Microbiologia dos Solos pelo Instituto de Micologia da Universidade Federal de Pernambuco. Também obteve o Mestrado e o Doutorado em Fitopatologia pela Universidade de Brasília. Atualmente é pesquisador colaborador da Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária da Universidade de Brasília.

21.12.10

O MILAGRE DE NATAL

Por
Bérgson Frota

Naquele natal a criança maltrapilha voltava triste para casa.
As ruas cheias de crianças com os pais, fazia despontar naquele pequeno coração órfão, um pouco de inveja.
Sua vida era catar papéis o dia todo na rua e com esse trabalho, vende-los e ajudar a avó e os dois irmãos menores.
A cidade piscava em enfeites, várias árvores iluminadas de lâmpadas em cores diversas fazia a noite parecer dia.
Das lojas que passava arrastando o seu carrinho já quase cheio, vinham de longe hinos natalinos e de fora o som das buzinas com carros de luzes altas, fazendo-o lembrar o casebre onde vivia, escondido no morro, quase na total escuridão.
Na sua caminhada de volta, passou por uma bela árvore de enfeites, montada numa das inúmeras praças da cidade.
A árvore era cheia de presentes, e vários turistas paravam e tiravam fotos daquela bela armação que parecia tão verdadeira.
O menino nunca foi disso, mas de tão encantado, num átimo, usando uma pequena faca cortou quatro embrulhos que faziam vez de presentes. Queria dar pelo menos em ilusão um presente a si, aos irmãos e a avó.
De tão maltratados pelo tempo estes enfeites foram tirados e colocados no carrinho sem que ninguém o incomodasse, porém executado com cautela.
Chegando em casa foi aquela correria.
Por ilusão e por desejo, os irmãos correram alegres para os embrulhos, só a avó, como se suspeitasse, ficou no seu canto quieta.
A vida revela em suas inúmeras páginas, milagres a se perder de conta. Pois como por encanto, dos três pacotes abertos apareceram caros e belos presentes, no quarto, àquele que seria o da avó, um grande bolo todo recheado.
No céu, lá distante, piscava uma tímida estrela igual às outras, mas sua terna luz se vista melhor pudesse ser, descia em fino raio do céu até o teto da casa do menino pobre, fazendo a alegria reinar no humilde lar naquela noite tão especial.

(Publicado no "O Povo", Fortaleza-CE em 18.12.2010)
___________________________________

Figura: site recadomania.com

Bérgson Frota, escritor, contista e cronista, é formado em Direito (UNIFOR), Filosofia-Licenciatura (UECE) e Especialista em Metodologia do Ensino Médio e Fundamental (UVA), tem colaborado com os jornais O Povo e Diário do Nordeste, desenvolvendo um trabalho por ele descrito de resgate da memória cultural e produzindo artigos de relevância atual.

3 Comentários:

Blogger Jean Kleber disse...

Começamos o Natal deste ano com chave de ouro. Crônica do escritor e cronista Bérgson Frota trazendo o verdadeiro espírito do Natal! Desfrutem!

21.12.10  
Anonymous Lurdinha disse...

Um conto lindo Bérgson, o Natal é de fato uma época em que milagres acontecem. Parabéns por este presente. Um beijo e um feliz Natal

22.12.10  
Anonymous Pedro Ailton disse...

Parabéns pelo conto. Um feliz natal meio atrasado e um farto e alegre ano novo.

29.12.10  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial