Suaveolens

Este blog foi criado por um cearense apaixonado por plantas medicinais e por sua terra natal. O título Suaveolens é uma homenagem a Hyptis suaveolens uma planta medicinal e cheirosa chamada Bamburral no Ceará, e Hortelã do Mato em Brasília. Consultora Técnica: VANESSA DA SILVA MATTOS

Minha foto
Nome:
Local: Brasília, Distrito Federal, Brazil

Cearense, nascido em Fortaleza, no Ceará. Criado em Ipueiras, no mesmo estado até os oito anos. Foi universitário de agronomia em Fortaleza e em Recife. Formou-se em Pernambuco, na Universidade Rural. Obteve o título de Mestre em Microbiologia dos Solos pelo Instituto de Micologia da Universidade Federal de Pernambuco. Também obteve o Mestrado e o Doutorado em Fitopatologia pela Universidade de Brasília. Atualmente é pesquisador colaborador da Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária da Universidade de Brasília.

29.5.10

SECAS COMO NEVES PERENES

Por
Marcondes Rosa

O POVO 28 Mai 2010 - 02h03min

Noite. No Centro Cultural do BNB, lá estou, convidado por Salmito Filho, presidente da Câmara de Vereadores de Fortaleza, para lançamento da edição comemorativa dos 50 anos do livro "Formação Econômica do Brasil", de Celso Furtado.
No auditório, rostos a relembrar-me os anos 80, quando para aqui trouxemos Celso, para nos falar das perspectivas que tínhamos para a região nordestina.
No hall do edifício, em noite de autógrafos, recebo de Rosa Furtado, organizadora do livro, em suas 568 páginas, amáveis palavras: "Para o caro Marcondes Rosa, companheiro de tantas lutas de Celso, com o abraço de Rosa d-Aguiar Freire Furtado".
Tudo ali me fez voltar, pró-reitor de extensão da UFC, Violeta Arraes dando-me conta de Celso então retornando ao País. Telefone à mão, convido-o para que, nos Encontros Culturais, nos falasse das perspectivas que tínhamos para o Nordeste. No aeroporto, encontro, acompanhando a plêiade dos então "jovens empresários do CIC" (Centro Industrial do Ceará), o governador Gonzaga Mota, à espera de conferencista não vindo. Celso pactuamos que por lá passaria, atraindo muitos para a UFC.
Na palestra, Celso advoga o crescimento econômico a se metamorfosear em desenvolvimento: o projeto social dando prioridade à efetiva melhoria das condições de vida da população."As secas, parte da realidade nordestina, como as neves são parte do mundo dos esquimós."
Lamenta o declínio da Sudene, cujo superintendente, a seu tempo, participava da política econômica e financeira do País, membro de pleno direito do Conselho Monetário Nacional.
Em suas palavras, "deixaremos de ser vistos com complacência ou como reserva de caça para aventureiros políticos". E "recuperaremos o papel que já nos coube na condução dos destinos nacionais".

Regiões a compor nossa foedus (aliança)!
_____________________________________

Foto site: 2.fae.edu/galeria/getImage/1/31114119852924048.jpg
_____________________________________

Marcondes Rosa de Sousa, advogado, é professor da Universidade Federal do Ceará (UFC) e da Universidade Estadual do Ceará (UECe). É uma das maiores autoridades em educação do Brasil. Ex-presidente do Conselho de Educação do Ceará e do Fórum Nacional dos Conselhos Estaduais de Educação, é Colunista do jornal " O Povo ", onde mantém seus artigos quinzenais.
marcondesrosa@gmail.com

2 Comentários:

Blogger Jean Kleber disse...

Esta crônica chega a ser emocionante, tamanho seu significado na interpretação de um episódio quase épico da história de nosso país. Hoje, a aparente perda de vista dos ideais dos anos 60 nos incomoda. Mas é apenas aparente. A mística da década dos sonhos permanece subjacente em todos nós. Professor Marcondes aí está para não nos deixar esquecer mediante suas inteligentes crônicas.

29.5.10  
Anonymous Bérgson Frota disse...

Um trabalho de valor e clara consciência do que trata. É de artigos assim, escrito com responsabilidade e domínio do tema de que carecemos nos conturbados dias de hoje.Parabéns.

30.5.10  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial