Suaveolens

Este blog foi criado por um cearense apaixonado por plantas medicinais e por sua terra natal. O título Suaveolens é uma homenagem a Hyptis suaveolens uma planta medicinal e cheirosa chamada Bamburral no Ceará, e Hortelã do Mato em Brasília. Consultora Técnica: VANESSA DA SILVA MATTOS

Minha foto
Nome:
Local: Brasília, Distrito Federal, Brazil

Cearense, nascido em Fortaleza, no Ceará. Criado em Ipueiras, no mesmo estado até os oito anos. Foi universitário de agronomia em Fortaleza e em Recife. Formou-se em Pernambuco, na Universidade Rural. Obteve o título de Mestre em Microbiologia dos Solos pelo Instituto de Micologia da Universidade Federal de Pernambuco. Também obteve o Mestrado e o Doutorado em Fitopatologia pela Universidade de Brasília. Atualmente é pesquisador colaborador da Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária da Universidade de Brasília.

5.4.08

TADEU, FÁTIMA E A VOLTA DA JUREMA

Por
Jean Kleber Mattos

Havíamos combinado um encontro, eu e minha mulher Heloisa, com Tadeu e Fátima, na feirinha da Volta da Jurema na Praia de Iracema em Fortaleza. Já lá estávamos. Eram quase nove horas da noite e, pelo celular, soubemos que eles já haviam chegado á Praia. O casal surgiu à nossa frente em poucos minutos. Ao lado da lanchonete Bob´s.

Eu estava profundamente grato ao Tadeu, pois ele facilitara grandemente meus contatos em Ipueiras, onde eu estivera dois dias antes. Graças a ele encontrei Arimatéia e Lutinho, amigos de infância e Fury, amigo mais recente, um verdadeiro mestre de cerimônias da cidade.

Para mim, momento histórico. Estávamos diante de dois legítimos representantes da nobreza de Ipueiras. Ela Fátima, filha de Edmundo Medeiros, ele Tadeu, filho de Zeca Bento dois dos patriarcas que posaram para a foto histórica dos anos 30 onde Edmundo e Zeca Bento figuram juntamente com meu pai, o Matos, e os demais, todos bem jovens, marcando um momento inesquecível para a história da cidade. Estávamos ali, seus descendentes, em nosso primeiro encontro de verdade.

Colocamos a conversa em dia. Recordamos amigos comuns filhos de Edmundo: Edésio, Nemésio, Renato e Aglaê. Contamos histórias, como a aposta que Edésio ganhou, quando adolescente, em Ipueiras, ao comer vinte bananas-maçã à vista dos colegas perplexos. Na mesma época, ele, atleta, ganhara a competição do pau-de-sebo na festa junina do Educandário de seu Matos. Também não esquecemos as aventuras políticas dos tempos de JUC, compartilhadas com a Aglaê. Lembramos o Latim do Nemésio, coroinha na Ipueiras dos anos 40 e o sucesso empresarial do Renato.

Mas o assunto mais palpitante foi sem dúvida a comemoração, havida recentemente, dos 40 anos da turma de Tadeu no Ginásio Otacílio Mota. Ele estava vestido com a camiseta comemorativa do evento e não escondia o quanto aquelas comemorações o haviam tocado.

Fátima, ao lado, sempre sorridente, atualizava-me sobre o momento atual de seus irmãos, meus companheiros de infância. O ponto hilário findou sendo a revelação de nossa paixão, minha e de Heloisa minha mulher, pelo bolo “Luiz Felipe”, que marcou minha pré-adolescência em Fortaleza. Fátima sorriu quando eu disse que, voltando à Brasília dentro de poucas horas a partir daquele encontro, levaria na bagagem nada menos que seis dos tais bolos, fresquinhos. Foi quando ela disse que sabia fazer o tal bolo. Os olhos, meus e de Heloisa, brilharam. Ela nos mandaria a receita por e-mail.

Nesse momento nos despedimos. Saudade. De tudo. Da Ipueiras de minha infância, regada a manzapes, batidas, broas e alfenins. Saudade do Tadeu e da Fátima, casal incrível do qual nos despedíamos naquele momento. Esperança também. De um novo encontro.
________________________________
Foto 1. Praia de Iracema (Volta da Jurema). Secretaria de Turismo de Fortaleza.
Foto 2. Tadeu Fontenele na Volta da Jurema.
Foto 3. Maria de Fátima (Fátima) Esposa de Tadeu, por ocasião da comemorações dos 40 anos da turma do Ginásio Otacílio Mota.
_______________________________

4 Comentários:

Blogger Dalinha Catunda disse...

Jean Kleber,
Tadeu é um quase irmão e Fátima, como se diz no Ceará, uma amiga e tanto. Fico feliz em saber que vocês pessoas que tanto gosto, agora também são íntimos desse casal super amigo.
Um abraço,
Dalinha

7.4.08  
Blogger Jean Kleber Mattos disse...

Dalinha, você disse-o muito bem: casal super amigo. Foi realmente um prazer estar com ele. Antes eu estivera com Tadeu em duas ocasiões: na própria praia, apenas um cumprimento em meio ao trânsito ano passado, em janeiro. Depois no Sirigado, no aniversário de seu Mattos, em novembro. Não conhecia a Fátima e somente agora, em 2008, o encontro dos dois casais foi possível. Gostamos muito deles.

7.4.08  
Anonymous Ângela disse...

Professor, momentos assim dão um significado especial a vida. Abraços.

13.4.08  
Anonymous Anônimo disse...

Jean Kleber e Heloísa,
Agradecemos imensamente pela honra do registro em seu blog, de nossos nomes, comentários de nosso encontro e de nossas fotos. Esta referência deixou bem marcado nosso memorável encontro noturno na Beira Mar, puxado por agradável conversa em que Ipueiras e nossa gente predominavam. Por e-mail, estamos mandando aquela receita do Bolo Luís Felipe. Abraços de Fátima e Tadeu.

15.4.08  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial