Suaveolens

Este blog foi criado por um cearense apaixonado por plantas medicinais e por sua terra natal. O título Suaveolens é uma homenagem a Hyptis suaveolens uma planta medicinal e cheirosa chamada Bamburral no Ceará, e Hortelã do Mato em Brasília. Consultora Técnica: VANESSA DA SILVA MATTOS

Minha foto
Nome:
Local: Brasília, Distrito Federal, Brazil

Cearense, nascido em Fortaleza, no Ceará. Criado em Ipueiras, no mesmo estado até os oito anos. Foi universitário de agronomia em Fortaleza e em Recife. Formou-se em Pernambuco, na Universidade Rural. Obteve o título de Mestre em Microbiologia dos Solos pelo Instituto de Micologia da Universidade Federal de Pernambuco. Também obteve o Mestrado e o Doutorado em Fitopatologia pela Universidade de Brasília. Atualmente é pesquisador colaborador da Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária da Universidade de Brasília.

1.10.12

O Castelo da minha cidade


Por
Bérgson Frota
                    
Na minha cidade havia e ainda há, um castelo. Num morro não tão alto, mas mesmo assim um morro.
De aparência medieval, parecia e ainda parece dos tempos das grandes cruzadas.
Diz-se que lá morava um notável professor, que depois de lá partiu. E hoje já nos deixou.
Visto do alto lembrava a construção um mirante, ou fortaleza a proteger a cidade.
Era em Ipueiras, o tal castelo. Por trás dele havia as crôas, matas fechadas de mangueirais. E logo o Jatobá, rio serpenteador.
Foi-se o primeiro morador que, diziam ter distante ganhado fama e se abrilhantou, tornando-se poeta, poeta e grande escritor.
Ficou para nós garotos, lendas a cercar o sítio, do pequeno mas para nós grande castelo.
Quando a lua cheia banhava a cidade, via-se sua sobra deitar pelo campo aberto à sua frente, e parecia diferente, talvez mais presente e assustador.
Assombrado ou não era prova de coragem visitá-lo, e de lá do alto das suas amuradas, ver de cima a cidade, pequena, clareada e caliente, mas arborizada, que parecia para nós gigante, cercada de altos morros com seus multicores casarios.  


Foto: Biblioteca Pública de Ipueiras-2012. Acervo de Carlito Matos

Bérgson Frota, escritor, contista e cronista, é formado em Direito (UNIFOR), Filosofia-Licenciatura (UECE) e Especialista em Metodologia do Ensino Médio e Fundamental (UVA), tem colaborado com os jornais O Povo e Diário do Nordeste, desenvolvendo um trabalho por ele descrito de resgate da memória cultural e produzindo artigos de relevância atual.

7 Comentários:

Anonymous Anônimo disse...

GRANDE BERGSON FROTA, NOSSO BRILHANTE ESCRITOR. O CASTELO JÁ FOI MEU. HOJE, É DE TODOS IPUEIRENSES. ETERNIZADO. MAJESTOSO. ELE E SUAS HISTÓRIAS. GRANDE ABRAÇO DO CARLITO MATOS.

1.10.12  
Blogger Darci Maria disse...

A minha cidade guarda estorias. Aqueles que sairam de la muito cedo só agora tomam conhecimento.Prazer em tomar conhecimento do castelo..Bela homage!!!

1.10.12  
Blogger Darci Maria disse...

Obrigada Kleber por facilitar as postagens, bjs

1.10.12  
Anonymous Bérgson Frota disse...

Agradeço ao Carlito Matos e a Darci Maria os comentários sobre esta pequena crônica, e confesso feliz por tal construção ter sido preservada, uma lembrança presente do grande homem de nossa terra que foi o poeta e escritor Costa Matos.

1.10.12  
Anonymous Anastácio Leitão disse...

Um artigo que nos lembra a nossa antiga Ipueiras. Parabéns.

3.10.12  
Anonymous Anastácio Leitão disse...

Um artigo que nos lembra a nossa antiga Ipueiras. Parabéns.

3.10.12  
Anonymous Antonio Laurindo disse...

Gostei de ver o "castelo" da minha infância quando morava aí em Ipueiras, a lembrança valeu. Não sabia que era do sr. Costa Matos, grande escritor do Rio Subterrâneo. Parabéns.

19.10.12  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial