Suaveolens

Este blog foi criado por um cearense apaixonado por plantas medicinais e por sua terra natal. O título Suaveolens é uma homenagem a Hyptis suaveolens uma planta medicinal e cheirosa chamada Bamburral no Ceará, e Hortelã do Mato em Brasília. Consultora Técnica: VANESSA DA SILVA MATTOS

Minha foto
Nome:
Local: Brasília, Distrito Federal, Brazil

Cearense, nascido em Fortaleza, no Ceará. Criado em Ipueiras, no mesmo estado até os oito anos. Foi universitário de agronomia em Fortaleza e em Recife. Formou-se em Pernambuco, na Universidade Rural. Obteve o título de Mestre em Microbiologia dos Solos pelo Instituto de Micologia da Universidade Federal de Pernambuco. Também obteve o Mestrado e o Doutorado em Fitopatologia pela Universidade de Brasília. Atualmente é pesquisador colaborador da Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária da Universidade de Brasília.

15.1.09

O PIONEIRO PINTO MARTINS

Por
Bérgson Frota

Na tentativa de provar a viabilidade da rota aérea ligando as Américas (norte e sul), o cearense Euclides Pinto Martins e o piloto americano Walter Hilton, iniciaram em 4 de setembro de 1922 saindo da Flórida, o primeiro vôo dos EUA para o Brasil, na façanha que seria conhecida como rota Nova York-Rio de Janeiro, pois a primeira tentativa sem êxito havia saído do rio Hudson, no mês de agosto do mesmo ano.
Os pioneiros pilotando o hidroavião biplano, de 28 metros de envergadura e dois motores "liberty" de 400 hp, cada. Acompanhados por um jornalista e um cinegrafista, decolaram uma máquina de oito mil quilos, criado na pioneira Fábrica Curtiss.
O Sampaio Corrêa II, nome dado ao avião, para homenagear o senador e presidente do aeroclube do Rio de Janeiro, atravessou a América Central e em primeiro de dezembro pousou no rio Canani, no Pará, ao norte da foz do rio Amazonas, dirigindo-se para a Ilha de Maracá, Belém e Bragança aonde por força de um temporal pousou no rio Caeté.
Três dias depois decolou de Bragança para São Luís do Maranhão. Em 19 de dezembro amerissou em Camocim, terra natal de Pinto Martins.O grande aviador foi muito homenageado, mas seguindo viagem para completar a missão decolou em direção a Aracati.Chegando a Fortaleza o Sampaio Corrêa II por dificuldade de amerissagem nas agitadas águas da enseada do Mucuripe, sobrevoou a cidade por alguns minutos e seguiu de volta a Aracati, onde pernoitou e partiu no dia seguinte para Natal.
Mal viajando 50 milhas o motor começou a apresentar problemas o que levou ainda em terras potiguares um pouso não planejado na Baía Formosa, perto de Canguaretama, chegando em Recife, sofreu consertos e recebeu um novo motor.
No dia oito de fevereiro de 1923, precisamente às 11h32min, o Sampaio Corrêa II foi avistado sobrevoando a Baía de Guanabara. Ao pousar foram recebidos na lancha Independência do Ministério da Marinha.
Pinto Martins aos 31 anos entrava para a história dos pioneiros da aviação brasileira.
Em 13 de maio de 1952 o Aeroporto de Fortaleza recebia o seu nome, eternizando numa justa homenagem o cearense que levou longe o nome de seu País.
*
Publicado originalmente no jornal O Povo, de Fortaleza-Ce, em 28.05.2006.
*
Fotos (site memorialpernambuco.com.br)
*
Bérgson Frota, escritor, contista e cronista, é formado em Direito (UNIFOR), Filosofia-Licenciatura (UECE) e Especialista em Metodologia do Ensino Médio e Fundamental (UVA), tem colaborado com os jornais O Povo e Diário do Nordeste, desenvolvendo um trabalho por ele descrito de resgate da memória cultural e produzindo artigos de relevância atual.

12 Comentários:

Blogger Jean Kleber Mattos disse...

Trabalho de pesquisa de Bérgson Frota, de grande relevância para que a memória de nossos herois não se perca nas brumas do tempo. Parabéns!

15.1.09  
Anonymous Semong Kid disse...

Gostei de saber, então é por isso que o aeropoto tem este nome. Boa homenagem.

15.1.09  
Anonymous Pedro Ailton disse...

Parabéns pela matéria.

16.1.09  
Anonymous Maria Alice disse...

Parabéns pelo belo trabalho de pesquisa professor, artigos como este nos informam e enriquecem.

18.1.09  
Anonymous Lurdinha disse...

Concordo com a Maria Alice, Bérgson, meu lindo, nota dez para seu trabalho. Beijos.

18.1.09  
Anonymous Tereza Mourão disse...

Realmente Jean, mesmo nos tempos atuais e o Aeroporto de Fortaleza recebendo o nome deste pioneiro, são poucos os cearences que sabem realmente quem foi Pinto Martins. Na internet tem um site dos pioneiros do ar é só clicar ou copiar este link abaixo que encontrarão a biografia de Euclides Pinto Martins. http://www.pioneirosdoar.com.br/pioneiros/pmartins/martins.htm
Quem conheceu bem Pinto Martins, escreveu uma pagina imensa sobre ele e voou na mesma época que ele foi o meu querido e inesquecivel amigo Joseph E de Sousa, que nos deixou em 1/2/2007 e infelizmente o belo site dele foi deletado. Caso encontre salvo a pag citada lhe enviarei posterioremente. Parabens Bergson por reavivar a nossa memória.
Abraços
Teresinha Mourão

19.1.09  
Anonymous Marco Ricca disse...

Lembrar os nossos heróis é uma forma de homenagearmos seus feitos. Um bom trabalho.

19.1.09  
Anonymous Marcelo Lins disse...

Sou de João Pessoa e vou muito a Fortaleza, achei o nome esquisito do aeroporto "pinto" martins, aí no segundo andar do mesmo encontrei um busto deste aviador. Os cearenses souberam fazer uma grande homenagem a este pioneiro.

20.1.09  
Anonymous Anônimo disse...

Gostei do trabalho, interessante e instrutivo.

Anônima

20.1.09  
Anonymous Lutécio Martins disse...

Queria dizer que gostei muito deste artigo, gosto de aviação, moro aqui no Crato mas logo vou estudar em Fortaleza e vou se deus quiser servir na aeronautica, o Pinto Martins é meu heroi.

21.1.09  
Anonymous Ângela disse...

Manter viva a história dos pioneiros é necessário para que percamos nossa memória cultural. Parabéns. Bom dia!

31.1.09  
Blogger Claudileide disse...

Devemos sempre valorizarmos e mantermos viva na nossa memória a história de pessoas que fizeram e ainda fazem a diferença.

Claudileide Lima

11.11.09  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial