Suaveolens

Este blog foi criado por um cearense apaixonado por plantas medicinais e por sua terra natal. O título Suaveolens é uma homenagem a Hyptis suaveolens uma planta medicinal e cheirosa chamada Bamburral no Ceará, e Hortelã do Mato em Brasília. Consultora Técnica: VANESSA DA SILVA MATTOS

Minha foto
Nome:
Local: Brasília, Distrito Federal, Brazil

Cearense, nascido em Fortaleza, no Ceará. Criado em Ipueiras, no mesmo estado até os oito anos. Foi universitário de agronomia em Fortaleza e em Recife. Formou-se em Pernambuco, na Universidade Rural. Obteve o título de Mestre em Microbiologia dos Solos pelo Instituto de Micologia da Universidade Federal de Pernambuco. Também obteve o Mestrado e o Doutorado em Fitopatologia pela Universidade de Brasília. Atualmente é pesquisador colaborador da Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária da Universidade de Brasília.

29.7.13

MEU TESTEMUNHO!



Por
Dalinha Catunda
*
Nasci e fui batizada
Como manda a tradição
Recebi nome de santa
Logo dois na ocasião
Antes de Lourdes, Maria!
Como minha mãe queria
E não houve objeção.
*
Fui crescendo e aprendendo
Com tia Isa a oração
Quando aprendi a rezar
Fiz primeira comunhão
Fui anjinho no altar
Nos festejos do lugar
Chamado coroação.
*
Gostava de me entranhar
Nas quermesses corriqueiras
Conceição era a rainha
Entre santas padroeiras
Vendo a santa no andor
Cantava em seu louvor
Nas procissões de Ipueiras.
*
Até gostava da missa
Mas detestava sermão.
Começando a namorar
Larguei logo a confissão
Na confissão coletiva
Eu passei a ser ativa
E a meu Deus roguei perdão.
*
Cresci e multipliquei
Mas perdi o paraíso.
Pedras foram atiradas
Mas não tive prejuízo
Tive que dizer adeus
Mas comigo tinha Deus
Que resguardou meu juízo.
*
Ainda faço promessa
Como nos tempos d’então
Costume que aprendi
Vivendo no meu sertão
Na hora da Ave Maria
Eu faço o que mãe fazia
Me benzo e faço oração.
*
Eu não vivo a lamber hóstia
Nem me encharco d’água benta 
Banco duro de igreja
Minha bunda não esquenta
Mas vendo o Papa Francisco
Esqueço meu jeito arisco
Pra ser católica atenta.

*
Foto: site veja.abril.com.br

Maria de Lourdes Aragão Catunda – Poetisa, Escritora e Cordelista. Nascida e criada em Ipueiras-CE, conhecida popularmente como Dalinha Catunda, vive atualmente no Rio de Janeiro. Publica nos jornais "Diário do Nordeste" e "O Povo", nas revistas "Cidade Universidade" e "Municípios" e nos blogs: Primeira Coluna, Ipueiras e Ethos-Paidéia. É membro da Academia Brasileira de Literatura de Cordel. É co-gestora convidada do blog Suaveolens, além de ter blog próprio: (cantinhodadalinha.blogspot).

4 Comentários:

Blogger Jean Kleber disse...

Maravilha ! Como sempre. Bj.

29.7.13  
Blogger Darci Maria disse...

Lindo! Beijao!

29.7.13  
Blogger Dalinha Catunda disse...

Oi Jean Kleber,
Obrigada pelo comentário e divulgação do meu trabalho.
Bjim

29.7.13  
Blogger Dalinha Catunda disse...

Darci, minha amiga,
Meu abraço carinhoso,

29.7.13  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial