Suaveolens

Este blog foi criado por um cearense apaixonado por plantas medicinais e por sua terra natal. O título Suaveolens é uma homenagem a Hyptis suaveolens uma planta medicinal e cheirosa chamada Bamburral no Ceará, e Hortelã do Mato em Brasília. Consultora Técnica: VANESSA DA SILVA MATTOS

Minha foto
Nome:
Local: Brasília, Distrito Federal, Brazil

Cearense, nascido em Fortaleza, no Ceará. Criado em Ipueiras, no mesmo estado até os oito anos. Foi universitário de agronomia em Fortaleza e em Recife. Formou-se em Pernambuco, na Universidade Rural. Obteve o título de Mestre em Microbiologia dos Solos pelo Instituto de Micologia da Universidade Federal de Pernambuco. Também obteve o Mestrado e o Doutorado em Fitopatologia pela Universidade de Brasília. Atualmente é pesquisador colaborador da Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária da Universidade de Brasília.

10.7.10

O AMANHECER NO SERTÃO - 2 (no inverno )

Por
Gonçalo Felipe


Oh! Como é lindo olhar
Novo dia amanhecendo
O sol ficando de fora
E a cachoeira gemendo
Uma Maracanã selvagem
Rasgando milho e comendo

Sertanejo se levnta
Pega no torno o chapéu
Olhando para uma enxada
como se fosse um troféu
E os raios brancos do Sol
Tomando conta do Céu

Na várzea grita o Tetéu
Se escuta um rouxinol
Vagalume se recolhe
Apagando o seu farol
Vai a noite, vem o dia
Vai a Lua e vem o Sol

O vento faz um barulho
Batendo a porta de par
Uma embaixo e outra em cima
É comum neste lugar
A esposa faz o café
Para o marido o tomar.

Apagando e acendendo
O Sol é uma lâmpada acesa
O leite mungido vem
Ainda quente para a mesa
Isso tudo é o retrato
Da nossa mãe Natureza.

07/06, 2010, 23: hs

Foto-site: i.olhares.com/data/big/13/130669.jpg

Gonçalo Felipe é o prestigiado poeta de Nova Russas que nos brinda com poesias sobre nós, sobre Ipueiras, sobre nosso pé de serra, enfim sobre a vida de todos nós.

3 Comentários:

Blogger Jean Kleber disse...

Gonçalo Felipe com sua segunda versão do Amanhecer no Sertão. Poesia pura. Desfrutem.

10.7.10  
Blogger Dalinha Catunda disse...

Olá Jean Kleber,
Parabéns por postar nosso poeta Gonçalo Felipe dono do verso e da rima.
Não me contive peguei uma carona e fiz uma setilha.
Um abraço,
Dalinha Catunda
*

Quando o dia amanhece,
Pras bandas do Ceará.
Escuto o canto do galo,
E o canto do sabiá,
Esqueço toda tristeza
Para sentir a beleza,
Do meu pequeno lugar.

14.7.10  
Blogger Zeca disse...

Valeu Meu Garoto!
Adorei a sua poesia!
Você é bom no que faz, meus parabéns!

15.7.10  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial