Suaveolens

Este blog foi criado por um cearense apaixonado por plantas medicinais e por sua terra natal. O título Suaveolens é uma homenagem a Hyptis suaveolens uma planta medicinal e cheirosa chamada Bamburral no Ceará, e Hortelã do Mato em Brasília. Consultora Técnica: VANESSA DA SILVA MATTOS

Minha foto
Nome:
Local: Brasília, Distrito Federal, Brazil

Cearense, nascido em Fortaleza, no Ceará. Criado em Ipueiras, no mesmo estado até os oito anos. Foi universitário de agronomia em Fortaleza e em Recife. Formou-se em Pernambuco, na Universidade Rural. Obteve o título de Mestre em Microbiologia dos Solos pelo Instituto de Micologia da Universidade Federal de Pernambuco. Também obteve o Mestrado e o Doutorado em Fitopatologia pela Universidade de Brasília. Atualmente é pesquisador colaborador da Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária da Universidade de Brasília.

29.11.08

RESGATE LITERÁRIO DE IPUEIRAS - III - JEREMIAS CATUNDA



O CISNE E EU

Jeremias Catunda

Dizem que o cisne morre quando canta
Que o cisne canta quando quer morrer
Por que o céu a mim não fez nascer
Cisne também que a dor logo suplanta?

A minha vida é um lago de Tristeza...
Foi curta e breve a fase de alegria,
Tão passageira tão fugaz corria,
Nem era um lago, era uma correnteza

Por isso eu penso como a natureza
Que se esmerou em tanta coisa certa,
Em tanta coisa de real beleza.

Fugiu à regra, ao cisne o que lhe deu
A mim negou, negou não foi correta,
Pois nem cantando a mágoa a dor morreu!
*

Foto do cisne: site baixaki.ig.com.br


JEREMIAS CATUNDA MALAQUIAS. Ipueirense poeta, escritor, esportista, intelectual. Hoje octogenário, permanece sendo uma das maiores referências da intelectualidade ipueirense. Jeremias é pai do escritor e pesquisador Bérgson Frota, destacado membro da equipe de colaboradores deste blog.

2 Comentários:

Blogger Jean Kleber Mattos disse...

Uma honra revelar Jeremias Catunda nesta galeria dos poetas e escritores de Ipueiras. Este soneto foi selecionado por nossa equipe entre tantas peças maravilhosas de nosso poeta e cronista. Desfrutem.

29.11.08  
Blogger Dalinha Catunda disse...

Jeremias tem textos maravilhosos.Dono de uma escrita bem singular. Mesmo no adiantado dos anos, merece figurar com honras em nosso presente.
Fico feliz com esta série de resgates que tomam conta dos blogs por onde ando.
Um abraço Jean Kleber

1.12.08  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial