Suaveolens

Este blog foi criado por um cearense apaixonado por plantas medicinais e por sua terra natal. O título Suaveolens é uma homenagem a Hyptis suaveolens uma planta medicinal e cheirosa chamada Bamburral no Ceará, e Hortelã do Mato em Brasília. Consultora Técnica: VANESSA DA SILVA MATTOS

Minha foto
Nome:
Local: Brasília, Distrito Federal, Brazil

Cearense, nascido em Fortaleza, no Ceará. Criado em Ipueiras, no mesmo estado até os oito anos. Foi universitário de agronomia em Fortaleza e em Recife. Formou-se em Pernambuco, na Universidade Rural. Obteve o título de Mestre em Microbiologia dos Solos pelo Instituto de Micologia da Universidade Federal de Pernambuco. Também obteve o Mestrado e o Doutorado em Fitopatologia pela Universidade de Brasília. Atualmente é pesquisador colaborador da Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária da Universidade de Brasília.

14.12.17

POVO FELIZ


“...POVO FELIZ”
Versos de Dalinha Catunda
Charge: SPONHOLZ – JORNAL DA BESTA FUBANA
*
Nessa terra de políticos,
Que prezam nosso torrão
Que nunca lesaram a pátria 
Que nunca foram ladrão
Eu aplaudo o eleitor
Que defende com ardor
Os santos desta nação.
*
A justiça é mesmo cega
Muito mais que eu supunha
Prender o pobre Cabral
O santo Eduardo Cunha
O Garotinho e Rosinha 
Casal que não sai da linha
E nunca foi de mumunha.
*
Confesso que não suporto
Ver tanta judiação
Tanto político preso
E só por perseguição
Nesse Rio de Janeiro
Calou-se o padroeiro
Que é São Sebastião.
*
Sempre foi pura invenção
Essa história de propina
Caixas cheias de dinheiro
Só se fosse numa mina
Na meia e na cueca
Só se fosse uma merreca
É acusação cretina.
*
Uma mala não é nada
Não vale a pena Temer
O homem foi vice de Dilma
Por isso está no poder
Não vamos caluniar
Quem nunca foi de roubar
Nem fez o povo sofrer.
*
O pior de tudo isso
Que me corta o coração
É denunciarem Lula
E chama-lo de Ladrão
Mas pelo seu argumento
Anda montado em jumento 
Não tem no banco um tostão.
*
Porém suas amizades
Com boa situação
Apoiaram o probo Lula
E lhe deram condição
De governar o país
Mas um juiz infeliz
Botou todos na prisão.
*
Lula é cara arrojado
Que só pensa no futuro
Para lutar ao seu lado
Ele chamou bem seguro
Mulheres empoderadas
Todas bem engajadas
Mulheres de grelho duro.
*
Por isso eleitor engajado
Vamos botar pra quebrar
Desabonar a justiça
Com juiz esculhambar
Não deixar ex-presidente
Este Santo inocente
A justiça o engaiolar.
*
Vamos logo prender Bretas
E Sergio Moro também
Dallagnol e outros mais
E quem tentar ir além
Vamos colocar pressão
Porque temos eleição
E é no ano que vem.
*
Vamos constranger na rua
A globo e seus jornalistas
Embora todos saibam
Vocês não são anarquistas
Creem num homem de luz
Que se compara a Jesus
Icem bandeiras nas pistas!
*
E vamos desabonar 
A polícia Federal
Fazer a mesma coisa
Com o Supremo tribunal
Soltar os caluniados
Para sermos comandados
Por um novo tribunal.
*
É hora de preparar
A Arca da Salvação
Se é com fogo ou com água
Certeza não tenho não
Não é só pressentimento
Eu vejo a cada momento
Sinais de destruição.
*


Maria de Lourdes Aragão Catunda – Poetisa, Escritora e Cordelista. Nascida e criada em Ipueiras-CE, conhecida popularmente como Dalinha Catunda, vive atualmente no Rio de Janeiro. Publica nos jornais "Diário do Nordeste" e "O Povo", nas revistas "Cidade Universidade" e "Municípios" e nos blogs: Primeira Coluna, Ipueiras e Ethos-Paidéia. É membro da Academia Brasileira de Literatura de Cordel. É co-gestora convidada do blog Suaveolens, além de ter blog próprio: (cantinhodadalinha.blogspot).

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial