Suaveolens

Este blog foi criado por um cearense apaixonado por plantas medicinais e por sua terra natal. O título Suaveolens é uma homenagem a Hyptis suaveolens uma planta medicinal e cheirosa chamada Bamburral no Ceará, e Hortelã do Mato em Brasília. Consultora Técnica: VANESSA DA SILVA MATTOS

Minha foto
Nome:
Local: Brasília, Distrito Federal, Brazil

Cearense, nascido em Fortaleza, no Ceará. Criado em Ipueiras, no mesmo estado até os oito anos. Foi universitário de agronomia em Fortaleza e em Recife. Formou-se em Pernambuco, na Universidade Rural. Obteve o título de Mestre em Microbiologia dos Solos pelo Instituto de Micologia da Universidade Federal de Pernambuco. Também obteve o Mestrado e o Doutorado em Fitopatologia pela Universidade de Brasília. Atualmente é pesquisador colaborador da Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária da Universidade de Brasília.

18.3.14

UCRÂNIA, POBRE UCRÂNIA

                                        
Por 
Bérgson Frota  
(Cronista)
                                                                                      

Há poucos dias a Rússia, ou mãe-Rússia como a chamam seus habitantes, resolveu anexar a Criméia, um território autônomo pertencente à Ucrânia, país soberano, mas vizinho do país que exige o respeito e a integridade a seu território e soberania por todos os países do mundo, porém parece desconhecer a do país vizinho na medida em que este não siga as suas ordens. Uma clara farsa de respeito à soberania ucraniana.
A Rússia, que se alicerça no seu poderio nuclear e suas grandes reservas de gás e petróleo começa a tornar-se odienta aos olhos do mundo civilizado.
O que é para esta nação, diga-se de passagem a maior, territorialmente da terra, as leis mútuas de respeito entre as nações?
O que depois da Criméia irá impedir, que para proteger os “ucranianos” de língua russa habitantes no leste da Ucrânia a Rússia não ataque e abocanhe ainda mais territórios ?
A Grande-Mãe já mostrou que sua lei é a da força, pobre Ucrânia, pobre Ucrânia.
Medidas pífias da Europa e dos EUA não a intimidam, nos fazendo lembrar Hitler quando invadiu a Checoslováquia a pretexto de proteger de privações sofridas por populações de etnia alemã na região dos Sudetos, e a Europa nada fez pensando que isso saciaria o lobo.
É necessário uma ação dura, será que a Rússia vai parar ? Ou logo o odiento império outrora comunista, hoje uma ditadura pseudo-capitalista não voltará a retomar seus antigos territórios e fazer numa nova versão uma União Soviética moderna.
Finalizando este artigo, lembro aos leitores a frase triste e conformada do presidente do México José de la Cruz Porfírio Diaz Mory (1830-1915), frase atribuída erroneamente a outro presidente mexicano Lázaro Cárdenas que governou entre (1934-1940). A frase diz tudo, tendo o México perdido grande território para os EUA ele exclamou : Pobre México. Tão longe de Deus e tão perto dos Estados Unidos.
A fábula do cordeiro e do lobo se repete, mesmo não havendo razão para a brutalidade e do ato vil, é fácil criá-lo e dele fazer proveito.
                 
 ***                                                                                                                              Crédito da foto da bandeira da Ucrânia : blog : bigc3.com

                      
Bérgson Frota, escritor, contista e cronista, é formado em Direito (UNIFOR), Filosofia-Licenciatura (UECE) e Especialista em Metodologia do Ensino Médio e Fundamental (UVA), tem colaborado com os jornais O Povo e Diário do Nordeste, desenvolvendo um trabalho por ele descrito de resgate da memória cultural e produzido artigos de relevância atual.      


2 Comentários:

Blogger Jean Kleber disse...

EXCELENTE CRÔNICA, AMIGO BÉRGSON ! PARABÉNS !

18.3.14  
Anonymous O Observador disse...

A Rússia vai abocanhar é a Ucrânia toda, imaginem se não fosse o maior país da terra. Pobre Ucrânia.

12.4.14  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial