Suaveolens

Este blog foi criado por um cearense apaixonado por plantas medicinais e por sua terra natal. O título Suaveolens é uma homenagem a Hyptis suaveolens uma planta medicinal e cheirosa chamada Bamburral no Ceará, e Hortelã do Mato em Brasília. Consultora Técnica: VANESSA DA SILVA MATTOS

Minha foto
Nome:
Local: Brasília, Distrito Federal, Brazil

Cearense, nascido em Fortaleza, no Ceará. Criado em Ipueiras, no mesmo estado até os oito anos. Foi universitário de agronomia em Fortaleza e em Recife. Formou-se em Pernambuco, na Universidade Rural. Obteve o título de Mestre em Microbiologia dos Solos pelo Instituto de Micologia da Universidade Federal de Pernambuco. Também obteve o Mestrado e o Doutorado em Fitopatologia pela Universidade de Brasília. Atualmente é pesquisador colaborador da Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária da Universidade de Brasília.

23.4.15

Saudades da Rádio Vale do Jatobá

Saudades da Rádio Vale do Jatobá
Por
Bérgson Frota

Chega a noite, e o silêncio, no céu a lua cheia a brilhar, e as estrelas eternamente piscando.
Nas ruas iluminadas motos e carros cruzam rápido, casais a se encontrar nas hoje várias praças da cidade. Bares com seus costumeiros freqüentadores, turma de crianças em correria.
Nas calçadas pessoas em suas cadeiras de balanço a conversar, a rirem e prosear.
O vento frio e inerte do sertão já se faz presente.
Houve no passado uma amplificadora que por mais de quarenta anos funcionou, é agora calada. Ficou na lembrança, se foi com seu criador, era a Rádio Vale do Jatobá, iniciava às sete finalizando às nove horas suas músicas antigas e mais recentes.
Seu criador, Arimatéa Catunda já não mais estava. Partiu como feito com o tempo um tácito contrato inadiável. Que cumpriu.
No passado não tão distante tinha Ipueiras essas melodias,todas as noites, silenciando em dias santos ou quando por respeito aos que se iam.
Fica hoje uma saudade daquelas músicas notívagas, naqueles que ao ouvi-las iniciaram namoros e futuro enlaces.
A música não parou, ainda toca no coração e mente dos que saudosos  lembram e sentem os sons de um tempo que já passou.

***
          

               Bérgson Frota, escritor, contista e cronista, é formado em Direito (UNIFOR), Filosofia-Licenciatura (UECE) e Especialista em Metodologia do Ensino Médio e Fundamental (UVA), tem colaborado com os jornais O Povo e Diário do Nordeste, desenvolvendo um trabalho por ele descrito de resgate da memória cultural e produzido artigos de relevância atual.
 

3 Comentários:

Anonymous Anônimo disse...

Que saudades Bérgson, sua crônica me deu lágrimas.

25.4.15  
Blogger Edilson Galvão disse...

Olá acesse www.radiovaledojatoba.net, faça contato comigo e ajude-me preservar o padrão da VJ. ediilsongalvao@yahoo.com.br

22.6.15  
Blogger Edilson Galvão disse...

Olá acesse www.radiovaledojatoba.net, faça contato comigo e ajude-me preservar o padrão da VJ. ediilsongalvao@yahoo.com.br

22.6.15  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial